A SOCIOLOGIA PÚBLICA NO CAMPO DA PRODUÇÃO E INTERVENÇÃO EM ESPORTE E LAZER

Otavio Guimarães Tavares da Silva, Liana Romera, Carlos Nazareno Borges

Resumo


Este artigo procurou investigar a configuração de uma sociologia pública, nos termos de Michael Burawoy, no âmbito dos estudos das políticas públicas de esporte e lazer no Brasil. Para a realização desse objetivo, foram analisados indicadores provenientes de quatro grupos de pesquisa dedicados ao tema a partir das categorias propostas por Burawoy. Os dados dão indícios de que grande parte da produção se faz a partir de sociologias críticas ou políticas, predominando a avaliação das políticas públicas. A produção no campo das políticas públicas de esporte e lazer traz contribuições pontuais, porém ainda incipientes de uma sociologia pública e da atuação dos intelectuais como profissionais orgânicos.

Palavras-chave


sociologia pública. Esporte. Lazer



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.48257



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment