LAZER, JUVENTUDE E VIOLÊNCIA: UMA ANÁLISE DA LITERATURA VIGENTE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.105400

Palavras-chave:

Atividades de Lazer. Jovem Adulto. Violência. Conhecimento. Revisão.

Resumo

Trata-se de um estudo de revisão integrativa sobre a temática lazer, juventude e violência, a fim de refletir sobre os seus resultados, ampliar possibilidades investigativas, apontar recorrências e lacunas, e indicar perspectivas de investigações. A fonte de coleta de dados foi o portal de periódicos da Capes, a base de dados SciELO e o Google Acadêmico. Há pelo menos duas discussões sobre a violência nas pesquisas analisadas, uma relacionada como barreira ao lazer, e a outra, que coloca o lazer como necessário para a recuperação de jovens que cometeram atos infracionais ou criminosos. Além disso, há estudos que apresentam os jovens como protagonista de suas vidas quando organizados em torno de práticas culturais e de lazer. Consideramos necessário investir em mais discussões que problematizem o lazer como atividade fundamental ao desenvolvimento humano, sem deixar de debater as contradições que ele pode apresentar aos jovens.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emerson Araújo de Campos, Instituto Federal do Pará; Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando do Programa Interdisciplinar em Estudos do Lazer da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil. Mestre em Linguagens e Saberes na Amazônia pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Brasil. Professor do Instituto Federal do Pará (IFPA), Brasil. Membro do Grupo de Estudos em Sociologia e Pedagogia do Esporte e do Lazer (GESPEL/UFMG) e do Grupo Educação, Trabalho, Tecnologia, Humanidades e Organização Social (ETTHOS/IFPA), Brasil.

Ana Cláudia Porfírio Couto, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Ciência do Desporto pela Universidade do Porto, Portugal. Pós-doutora em Sociologia do Esporte e Lazer na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia, Portugal. Professora Associada III na Escola de Educação Física Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), credenciada no Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer da (UFMG), Brasil. Coordenadora do Grupo de Estudos em Sociologia e Pedagogia do Esporte e do Lazer (GESPEL/UFMG), Brasil.

Clara Faria e Barros, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduanda do curso de Educação Física da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil. Técnica em Química pelo Colégio Técnico da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil. Membro do Grupo de Estudos em Sociologia e Pedagogia do Esporte e do Lazer (GESPEL/UFMG), Brasil.

Fábio Henrique França Rezende, Universidade Federal de Minas Gerais

Bacharel em Educação Física pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil e aluno da continuidade de estudos do curso de Educação Física, Licenciatura, na UFMG. Membro do Grupo de Estudos em Sociologia e Pedagogia do Esporte e do Lazer (GESPEL/UFMG) e do Grupo de Estudos sobre Futebol e Torcidas (GEFuT/UFMG), Brasil. 

Downloads

Publicado

2021-08-28

Como Citar

CAMPOS, E. A. de; COUTO, A. C. P.; BARROS, C. F. e; REZENDE, F. H. F. LAZER, JUVENTUDE E VIOLÊNCIA: UMA ANÁLISE DA LITERATURA VIGENTE. Movimento, [S. l.], v. 27, p. e27047, 2021. DOI: 10.22456/1982-8918.105400. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/105400. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais