Sobre a presença do esporte na escola: paradoxos e ambigüidades

Jaison José Bassani, Danielle Torri, Alexandre Fernandez Vaz

Resumo


Trata o presente de resultados parciais de uma pesquisa em andamento, cujo objetivo é estudar aspectos da educação do corpo na escola. Foram estudadas aulas de Educação Física e atividades de Esporte Escolar de uma grande escola pública de Florianópolis, por meio de observações sistemáticas e entrevistas. Os resultados apontam para a prevalência do esporte e seus vetores na Educação Física, como paródia de si, e para a ambigüidade do Esporte Escolar, oscilante entre os imperativos da competição e os discursos sobre a formação humana via práticas esportivas.

Palavras-chave


Esporte Escolar. Educação Física. Educação do Corpo. Indústria Cultural. Teoria Crítica da Sociedade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2811

Direitos autorais



Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment