O CUIDADO DE SI EM MICHEL FOUCAULT: REFLEXÕES PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

  • Maria Isabel Brandão de Souza Mendes UFRN
  • Jacques Gleyse Université de Montpellier

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.47942

Palavras-chave:

Atenção à saúde. Corpo humano. Filosofia.

Resumo

Neste artigo discute-se sobre o cuidado de si em obras de Michel Foucault, buscando tecer reflexões para a Educação Física. Destacamos elementos associados ao cuidado de si, como a imagem do rodopio, no sentido de problematizar na atualidade os cuidados com o corpo em busca de saúde com base em padronizações e na obediência incondicional a esses ditames que são impostos de múltiplas maneiras. Conclui-se que esta pesquisa poderá ampliar o debate epistemológico na Educação Física, uma vez que o cuidado de si religa saberes e práticas e pode ser reconhecido como fundamento filosófico.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Isabel Brandão de Souza Mendes, UFRN

Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Física e em Saúde da Família da UFRN. Doutora em Educação. Membro do Grupo de Pesquisa Corpo e Cultura de Movimento (GEPEC)

Jacques Gleyse, Université de Montpellier

Professeur des Universités à l’IUFM de Montpellier, Université de Montpellier 2

Doutor em Ciências da Educação

Diretor do Laboratoire Interdisciplinaire de Recherche em Didactique, Éducation et Formation (LIDERF)

Downloads

Publicado

2014-10-26

Como Citar

MENDES, M. I. B. de S.; GLEYSE, J. O CUIDADO DE SI EM MICHEL FOUCAULT: REFLEXÕES PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA. Movimento, [S. l.], v. 21, n. 2, p. 507–520, 2014. DOI: 10.22456/1982-8918.47942. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/47942. Acesso em: 28 jun. 2022.

Edição

Seção

Ensaios