ANTECEDENTES MOTIVACIONAIS DA ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE: UM ESTUDO QUALITATIVO

Autores

  • Maria Clara Elias Polo Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP
  • Thiago Sousa Matias Departamento de Educação Física, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC https://orcid.org/0000-0003-0241-3776
  • Giselle Helena Tavares Faculdade de Educação Física e Fisioterapia, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil https://orcid.org/0000-0001-7369-4398
  • Camila Bosquiero Papini Departamento de Ciências do Esporte, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, MG https://orcid.org/0000-0002-1163-5576

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.105017

Palavras-chave:

Exercício. Atenção Primária de Saúde. Teoria Psicológica.

Resumo

Este estudo objetivou analisar a percepção sobre os antecedentes afetivos para a atividade física (AF) relacionados às necessidades psicológicas básicas (NPB) e investigar as regulações motivacionais para prática de AF no discurso dos participantes iniciantes de um programa de exercício físico na atenção básica de saúde. Trata-se de um estudo transversal de natureza qualitativa com a utilização de Grupo Focal. Participaram da pesquisa 41 adultos. Resultados demonstram que as percepções dos participantes sugerem frustração para as NPB de autonomia e competência. O comportamento dos participantes para a iniciação ao programa é regulado por diferentes contingentes externos específicos, caracterizadas por punições e medos na adesão ao programa. Não foram observadas regulações motivacionais intrínsecas e a autodeterminação para a participação no programa é baixa. Conclui-se que essa população, não percebe sentimentos ligados ao prazer pela prática de AF per se, diminuindo as chances de manutenção do comportamento para a prática de AF.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Clara Elias Polo, Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP

Graduação em Educação Física, Universidade Federal de Uberlândia. Mestra em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Doutoranda em Saúde Pública, Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo

Thiago Sousa Matias, Departamento de Educação Física, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

Professor do Departamento de Educação Física, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Giselle Helena Tavares, Faculdade de Educação Física e Fisioterapia, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil

Professora da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia, da Universidade Federal de Uberlândia

Camila Bosquiero Papini, Departamento de Ciências do Esporte, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, MG

Professora do Departamento de Ciências do Esporte, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Downloads

Publicado

2020-12-08

Como Citar

POLO, M. C. E.; MATIAS, T. S.; TAVARES, G. H.; PAPINI, C. B. ANTECEDENTES MOTIVACIONAIS DA ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE: UM ESTUDO QUALITATIVO. Movimento, [S. l.], v. 26, p. e26082, 2020. DOI: 10.22456/1982-8918.105017. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/105017. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais