SUJEITOS, SABERES E PRÁTICAS EM CIRCULAÇÃO NAS JORNADAS INTERNACIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: TESSITURAS E MODELAGENS PEDAGÓGICAS (BELO HORIZONTE, 1957-1962)

Autores

  • Cássia Danielle Monteiro Dias Lima Universidade Estadual de Minas Gerais
  • Meily Assbú Linhales Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.46606

Palavras-chave:

História da Educação Física. Formação de professores. Modelos pedagógicos.

Resumo

Este artigo aborda, numa perspectiva histórica, o tema da formação de professores de Educação Física a partir dos métodos, conteúdos e sujeitos em circulação nas Jornadas Internacionais de Educação Física, realizadas na cidade de Belo Horizonte, entre 1957 e 1962. Com base em fontes documentais e depoimentos, identificou-se uma Educação Física de contornos moralizadores, afiançada por prescrições religiosas, realçando preceitos de uma educação integral e humanista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cássia Danielle Monteiro Dias Lima, Universidade Estadual de Minas Gerais

Mestra em Educação pela FaE/UFMG, professora assistente da Universidade do Estado de Minas Gerais, bolsista CAPES (mar. 2011 a fev. 2012).

Meily Assbú Linhales, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Educação pela FaE/UFMG, professora do curso de Educação Física e do Programa de Pós-Graduação em Educação e Inclusão Social, na UFMG

Publicado

2014-06-14

Como Citar

LIMA, C. D. M. D.; LINHALES, M. A. SUJEITOS, SABERES E PRÁTICAS EM CIRCULAÇÃO NAS JORNADAS INTERNACIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: TESSITURAS E MODELAGENS PEDAGÓGICAS (BELO HORIZONTE, 1957-1962). Movimento, [S. l.], v. 20, n. 4, p. 1499–1521, 2014. DOI: 10.22456/1982-8918.46606. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/46606. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais