AS RELAÇÕES DE GÊNERO NA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE DE FLORIANÓPOLIS: POLÍTICAS GENÉRICAS, ATENDIMENTO GENERIFICADO

Verônica Werle, Maria do Carmo Oliveira Saraiva

Resumo


A presente pesquisa realizou-se na Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis, SC (Brasil) objetivando compreender como as questões de gênero estão incorporadas (ou não) nas políticas públicas de esporte e lazer desta instituição. As entrevistas com dirigentes e técnicos da Fundação e as análises de relatórios de atividades permitiram apontar que há um maior atendimento aos homens em relação às mulheres, o que se dá pela valorização diferenciada das modalidades e dimensões esportivas; para os entrevistados há igualdade nas políticas, sendo que a maior participação masculina é atribuída a aspectos culturais, que são naturalizados por eles.

 


Palavras-chave


Gênero; Políticas públicas; Esporte; Lazer.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.31754



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment