ARTICULAÇÕES DA PRAXIOLOGIA MOTRIZ COM A CONCEPÇÃO CRÍTICO-EMANCIPATÓRIA

João Francisco Magno Ribas, Gil Teixeira Oliveira

Resumo


O presente trabalho consiste numa análise teórica conceitual da Praxiologia Motriz e da concepção Crítico-Emancipatória, desenvolvendo e situando alguns elementos da Teoria da Ação Motriz, mantendo o compromisso com um ensino emancipador. Os resultados da investigação apontam para aproximações da Praxiologia Motriz no que tange a à compreensão da Lógica Interna e criação de uma gramática dos jogos e esportes viabilizando o processo de entendimento do significado central do “se movimentar”, assim como na construção do “agir comunicativo”.


Palavras-chave


Educação Física Escolar; Praxiologia Motriz; Abordagem Crítico-Emancipatória.



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.9680



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment