DANÇA EDUCATIVA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA: REPERCUSSÕES DE UM PROGRAMA DE ENSINO

Patricia Rossi-Andrion, Mey de Abreu van Munster

Resumo


Este estudo teve como objetivos: analisar o envolvimento dos participantes com deficiência física em determinados elementos (rolamentos e deslocamentos pelo espaço envolvendo os níveis, as direções e os fatores de movimento) de um programa de dança educativa; e verificar em quais aspectos analisados pela escala de avaliação em dança educativa a intervenção promoveu maior ou menor influência. Trata-se de uma pesquisa de campo do tipo estudo de avaliação de programa. Participaram quatro crianças com deficiência física. Os instrumentos de coleta de dados foram: diário de campo e Instrumento de Acompanhamento da Aprendizagem em Dança Educativa. A análise dos dados foi realizada de forma quali-quantitativa (estatística descritiva). Observou-se que as habilidades e os elementos que indicaram ganhos expressivos foram: lateralidade, ritmo de movimentos, exploração de direções (frente, lado e trás) e dos níveis de espaço (baixo, médio e alto), compreensão e realização dos fatores de movimento “fluência”, “peso”, “tempo” e “espaço”. 

 


Palavras-chave


Dança. Criança. Pessoas com deficiência. Educação Especial.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.102748

Direitos autorais 2021 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment