ESCLARECIMENTO E EMANCIPAÇÃO - PRESSUPOSTOS DE UMA TEORIA EDUCACIONAL CRÍTICA PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

  • Elenor Kunz UFSC

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2456

Palavras-chave:

Conhecimento. Currículo. Educação Física.

Resumo

Tentarei mostrar que pode-se facilmente relacionar com as diferentes áreas específicas do conhecimento, porém, gostaria de apontar algumas situações em que Educação Física/Esportes têm se postado de forma anti-esclarecedora e anti-emancipatória. E, com a atual situação Educação Física Escolar, sendo "elevada" à condição de "componente curricular" , integrada à proposta pedagógica da escola (nova LDB), talvez seja chegada a hora, de seus profissionais apresentarem uma argumentação pedagógica legitimadora e convincente, de sua contribuição na chamada formação da cidadania. Para tanto, as chamadas propostas renovadoras com projetos concretos de intervenção nesta realidade e surgidas somente no inicio dos anos 90, talvez possam vir a ser, doravante, melhor consideradas, ampliadas e redimensionadas para a prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elenor Kunz, UFSC

professor titular do Centro de Desportos da UFSC, Florianópolis, SC e atual presidente do CBCE.

Downloads

Publicado

2007-10-18

Como Citar

KUNZ, E. ESCLARECIMENTO E EMANCIPAÇÃO - PRESSUPOSTOS DE UMA TEORIA EDUCACIONAL CRÍTICA PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA. Movimento, [S. l.], v. 5, n. 10, p. 35–39, 2007. DOI: 10.22456/1982-8918.2456. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2456. Acesso em: 24 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais