MARIO FILHO E A "INVENÇÃO" DO JORNALISMO ESPORTIVO PROFISSIONAL

Autores

  • André Mendes Capraro Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.15154

Palavras-chave:

Mario Filho, futebol brasileiro, crônica esportiva

Resumo

Mario Filho é apontado como a principal referência do jornalismo esportivo brasileiro. O objetivo do presente artigo é o de investigar como foi construída a máxima de que este agente seria o “inventor” do jornalismo esportivo moderno. Seguindo alguns “indícios”, principalmente a análise de crônicas esportivas, concluiu-se que foi sobretudo na cidade do Rio de Janeiro que Mario Filho se tornou uma celebridade do esporte. Por outro lado, seu alcance era limitado em outros centros. Quanto à transmissão recorrente de que o jornalista foi o “inventor” do jornalismo esportivo moderno, destaca-se a importância do reforço feito por reconhecidos jornalistas, intelectuais e artistas. No seio deste grupo, o mais engajado foi seu próprio irmão, Nelson Rodrigues.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Mendes Capraro, Universidade Federal do Paraná

P

Downloads

Publicado

2011-05-15

Como Citar

CAPRARO, A. M. MARIO FILHO E A "INVENÇÃO" DO JORNALISMO ESPORTIVO PROFISSIONAL. Movimento, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 213–224, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.15154. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/15154. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Ensaios