PROFESSORAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: DUAS HISTÓRIAS, UM SÓ DESTINO

Luciano de Almeida, Paulo Evaldo Fensterseifer

Resumo


Este artigo desvela a trajetória de duas professoras de Educação Física de uma escola pública de Santo Augusto/RS que, apesar de serem formadas em diferentes momentos históricos, produzem uma prática semelhante, caracterizada pela adoção de atividades esportivas com um fim em si mesmas. Essa constatação nos leva a reconhecer a necessidade de explicitarmos as especificidades da educação escolar, em particular da Educação Física, bem como a melhor compreender a cultura escolar. A experiência da busca de compreensão das práticas pedagógicas de outros profissionais pode nos fornecer elementos para (re)significar nossas próprias ações na escola.

 

 

 


Palavras-chave


Ensino fundamental e médio. Prática profissional. Educação física. Fatores culturais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.3542



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment