“À MORTE COM O SINDICATO”: CONFLITO E EMERGÊNCIA DE UMA GREVE DE JOGADORES DE FUTEBOL NA ESPANHA (2011)

Autores

  • Mariana Zuaneti Martins Universidade Federal do Espírito Santo
  • Heloisa Helena Baldy dos Reis Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.71707

Palavras-chave:

Sindicatos. Futebol. Atletas. Greve.

Resumo

Este artigo objetivou descrever e analisar a greve dos jogadores espanhóis de futebol, em 2011, iniciada a partir das orientações sindicais manifestadas em processo anterior e durante o movimento. É fruto de pesquisa documental nos jornais espanhóis El País e Marca, de 2008 a 2013, e notícias do sindicato de jogadores da Espanha. Os documentos foram cotejados a fim da reconstituição da narrativa e análise à luz da ideia de Hyman, da geometria sindical. É mostrado que, após mudança na gestão do sindicato, tentativas foram feitas de mobilização, que gradativamente foram alterando as orientações do sindicato em direção a uma ideologia mais classista, pautada na solidariedade e unidade, mas também integração societal, que possibilitaram a emergência da greve.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Zuaneti Martins, Universidade Federal do Espírito Santo

Bacharel em Ciências Sociais/IFCH/Unicamp.

Licenciada em Educação Física/FEF/Unicamp.

Mestre e Doutora em Educação Física/FEF/Unicamp.

Docente da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal do Espírito Santo.

Membro pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas de Futebol - GEF/Unicamp/CNPq.

Heloisa Helena Baldy dos Reis, Universidade Estadual de Campinas

Professora Titular da Faculdade de Educação Física da Unicamp.

Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas de Futebol - GEF/Unicamp/CNPq.

Downloads

Publicado

2018-06-24

Como Citar

MARTINS, M. Z.; REIS, H. H. B. dos. “À MORTE COM O SINDICATO”: CONFLITO E EMERGÊNCIA DE UMA GREVE DE JOGADORES DE FUTEBOL NA ESPANHA (2011). Movimento, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 471–482, 2018. DOI: 10.22456/1982-8918.71707. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/71707. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais