CRÍTICA A UMA PROPOSTA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DIRECIONADA À PROMOÇÃO DA SAÚDE A PARTIR DO REFERENCIAL DA SOCIOLOGIA DO CURRÍCULO E DA PEDAGOGIA CRÍTICO-SUPERADORA

Autores

  • Marcelo Guina Ferreira UFG

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2364

Palavras-chave:

Educação Física. Teoria. Currículo.

Resumo

Em artigos de 1993, 1994a e 1994b, o professor Dr. Dartagnan P. Guedes e a professora Ms. Elisabeth P. Guedes apresentam uma proposta de currículo de EF direcionado à promoção da saúde (PS), numa importante contribuição para a pedagogia da educação física (EF). Tal esforço tem, no mínimo, o mérito de procurar o diálogo com a prática, caminho indispensável para a construção de uma teoria da EF1 . A leitura dos já citados artigos levounos a refletir sobre pontos que demarcam diferenças, e antagonismos, entre a proposta pedagógica em tela e aquela que, neste ensaio, iremos contrapor-lhe com base na pedagogia crítico-superadora (coletivo de autores, 1992). Discutiremos ainda alguns pontos positivos, impasses teóricos e debilidades em ambas as propostas, visando contribuir na construção de uma perspectiva crítica na pedagogia da EF.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Guina Ferreira, UFG

Mestrando em Educação Física no CEFD/UFSM e Professor Auxiliar na FEF/UFG

Downloads

Publicado

1997-12-06

Como Citar

FERREIRA, M. G. CRÍTICA A UMA PROPOSTA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DIRECIONADA À PROMOÇÃO DA SAÚDE A PARTIR DO REFERENCIAL DA SOCIOLOGIA DO CURRÍCULO E DA PEDAGOGIA CRÍTICO-SUPERADORA. Movimento, [S. l.], v. 4, n. 7, p. 20–33, 1997. DOI: 10.22456/1982-8918.2364. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2364. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais