O FRACASSO DA SELEÇÃO BRASILEIRA/2014 RETRATADO PELA FOLHA DE S. PAULO

Janaina Andretta Dieder, Alessandra Fernandes Feltes, Gustavo Roese Sanfelice, Manoel Antônio da Silva Jacques Junior, Norberto Kuhn Junior

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar a cobertura da Folha de S. Paulo sobre a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 relacionada à seleção brasileira. O recorte foi realizado no período de 12 de maio a 13 de agosto de2014. A partir das unidades de significados, chegamos às seguintes categorias: “Otimismo, a pátria de chuteiras”; “Vai Brasil! E o desempenho?”; “Descontrole emocional”; “Perde-se o ídolo”; “Fracasso”; “Procurando culpados”. Por fim, concluímos que as reportagens de cunho esportivo sempre foram permeadas por questões sociais e políticas, pois o jornal, mesmo tendo modificado seus agendamentos, constantemente diferenciando seus discursos diante da inconstância do futebol brasileiro, não os desvincula de seus objetivos de negócios.

 


Palavras-chave


Artigo de jornal. Futebol. Sociologia.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.65087



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment