A IDENTIDADE DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM PROCESSO SIMULTANEAMENTE BIOGRÁFICO E RELACIONAL

Autores

  • Inês Cardoso Universidade do Porto. Faculdade de Desporto. Porto.
  • Paula Batista Universidade do Porto. Faculdade de Desporto. Porto.
  • Amândio Graça Universidade do Porto. Faculdade de Desporto. Porto.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.54129

Palavras-chave:

Docentes. Escolha da profissão. Acontecimentos que mudam a vida.

Resumo

A construção da identidade docente é um processo biográfico e relacional de reapropriação crítica das experiências vividas ao longo da vida (DUBAR, 1997). Este estudo, de natureza qualitativa, analisa as reflexões acerca das práticas de seis estagiários de Educação Física para compreender a influência das suas experiências prévias na opção pela profissão, a interpretação das imagens que identificaram como mais representativas do significado de “ser professor” e as transformações sentidas ao longo do processo formativo. Os estagiários valorizaram a diversidade de experiências, a capacidade de envolverem os alunos nas suas aprendizagens e os momentos de partilha com os outros professores.

 

  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Inês Cardoso, Universidade do Porto. Faculdade de Desporto. Porto.

Doutoranda em Ciências do Desporto.

Paula Batista, Universidade do Porto. Faculdade de Desporto. Porto.

Professora Auxiliar no Departamento de Pedagogia do Desporto. Investigadora do CIFI2D, Centro de Investigação, Formação, Inovação e Intervenção em Desporto.

Amândio Graça, Universidade do Porto. Faculdade de Desporto. Porto.

Professor Associado no Departamento de Pedagogia do Desporto. Investigador do CIFI2D, Centro de Investigação, Formação, Inovação e Intervenção em Desporto.

Downloads

Publicado

2016-01-29

Como Citar

CARDOSO, I.; BATISTA, P.; GRAÇA, A. A IDENTIDADE DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM PROCESSO SIMULTANEAMENTE BIOGRÁFICO E RELACIONAL. Movimento, [S. l.], v. 22, n. 2, p. 523–538, 2016. DOI: 10.22456/1982-8918.54129. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/54129. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais