POLÍTICAS PÚBLICAS PARA PROMOVER ESTILOS DE VIDA SAUDÁVEIS COMO FORMA DE GOVERNO ATRAVÉS DA COMUNIDADE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.101406

Palavras-chave:

Políticas Públicas de Saúde. Estilo de Vida Saudável. Afeto. Sociologia.

Resumo

Com base em um estudo de caso, este artigo avança na compreensão dos mecanismos específicos que canalizam os processos de subjetivação no contexto das políticas públicas para promover estilos de vida saudáveis. Analisa a operação do Programa Vida Sana, implementado pelo Governo do Chile, no âmbito do Sistema Escolha Uma Vida Saudável, por meio de entrevistas com beneficiários e a professora responsável pelas sessões de atividade física do programa em um distrito de Santiago. Sua análise sugere a convivência de uma racionalidade de escolha, que tradicionalmente tem sido identificada com o discurso da vida ativa, com uma racionalidade que enfatiza o cuidado mútuo entre os membros de uma comunidade. Propõe-se que isso tenha implicações teóricas para a compreensão das políticas públicas de esportes e saúde como forma de governo através da comunidade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Andres Valenzuela, Universidad Andres Bello. Viña del Mar,

Profesor Asociado Escuela de Ciencias Sociales, Facultad de Educación y Ciencias Sociales, Universidad Andrés Bello, Chile.

Publicado

2020-12-26

Como Citar

CABELLO JIMENEZ, C. I.; VALENZUELA, F. A. POLÍTICAS PÚBLICAS PARA PROMOVER ESTILOS DE VIDA SAUDÁVEIS COMO FORMA DE GOVERNO ATRAVÉS DA COMUNIDADE. Movimento, [S. l.], v. 26, p. e26092, 2020. DOI: 10.22456/1982-8918.101406. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/101406. Acesso em: 7 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais