JOGOS TRADICIONAIS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL: manifestação pulsante e silenciada

Elizara Carolina Marin, João Francisco Magno Ribas, Pierre Parlebas, Fernanda Stein, Alini de Vargas Crestani

Resumo


Este artigo resulta de pesquisa diagnóstica descritiva que objetivou situar os jogos tradicionais no contexto histórico e sociocultural do RS, realizada em municípios com expressivos traços das culturas alemã e italiana. Pode-se dizer que há tanto uma diversidade de jogos sendo vivenciados, sendo associações e bares os locais centrais dessa vivência, quanto há jogos extintos ou em vias de extinção apresentados como espetáculo. Os jogos tradicionais no RS fazem reviver o patrimônio de um passado em acelerado processo de mudanças; mas que, para a geração atual, mesmo com mutações sociais, eles representam um indiscutível prolongamento histórico.

Palavras-chave


Cultura alemã. Cultura italiana. Jogos Tradicionais. Patrimônio histórico.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.26564



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment