A FORMAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA NOS CURRÍCULOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM RETRATO ATUAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.113041

Palavras-chave:

Educação Física. Educação Superior. Saúde Pública. Sistema Único de Saúde.

Resumo

Este estudo apresenta uma análise nacional da formação superior em Saúde Coletiva nos cursos de graduação em Educação Física de instituições de ensino superior públicas. Foi realizada uma análise documental das estruturas curriculares, ementas e programas de disciplinas ofertadas por essas universidades, avaliando os conteúdos, a inserção prática no Sistema Único de Saúde (SUS) e a carga horária em Saúde Coletiva. Ao todo, 173 currículos ativos e regulares de graduação de 87 instituições públicas foram analisados, e observaram-se defasagens na formação em saúde: quando obrigatórias, as disciplinas de Saúde Coletiva se apresentam como componentes isolados; predominam conteúdos ligados às ciências biológicas; apresentam limitada carga horária e falta inserção e diálogo com os serviços de saúde do SUS. Identificaram-se algumas propostas curriculares que avançam na formação em saúde, mas ainda de maneira muito tímida, especialmente frente à urgência que a nova realidade decorrente da pandemia de covid-19 exige dos cursos de saúde.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviana Graziela de Almeida Vasconcelos Barboni, Universidade de São Paulo/ Mestranda

Mestranda na Escola de Educação Física e Esporte - USP

Yara Maria de Carvalho, Universidade de São Paulo/ Professora Associada

Departamento de Pedagogia do Movimento do Corpo Humano

Vagner Herculano de Souza, Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas / Professor Assistente

Doutorando em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública-USP

Publicado

2021-11-11

Como Citar

BARBONI, V. G. de A. V.; CARVALHO, Y. M. de; SOUZA, V. H. de. A FORMAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA NOS CURRÍCULOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM RETRATO ATUAL. Movimento, [S. l.], v. 27, p. e27065, 2021. DOI: 10.22456/1982-8918.113041. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/113041. Acesso em: 27 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais