O FRACASSO DA SELEÇÃO BRASILEIRA/2014 RETRATADO PELA FOLHA DE S. PAULO

Autores

  • Janaina Andretta Dieder Universidade Feevale
  • Alessandra Fernandes Feltes Universidade Feevale
  • Gustavo Roese Sanfelice FEEVALE
  • Manoel Antônio da Silva Jacques Junior Universidade Feevale
  • Norberto Kuhn Junior Universidade Feevale

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.65087

Palavras-chave:

Artigo de jornal. Futebol. Sociologia.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar a cobertura da Folha de S. Paulo sobre a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 relacionada à seleção brasileira. O recorte foi realizado no período de 12 de maio a 13 de agosto de2014. A partir das unidades de significados, chegamos às seguintes categorias: “Otimismo, a pátria de chuteiras”; “Vai Brasil! E o desempenho?”; “Descontrole emocional”; “Perde-se o ídolo”; “Fracasso”; “Procurando culpados”. Por fim, concluímos que as reportagens de cunho esportivo sempre foram permeadas por questões sociais e políticas, pois o jornal, mesmo tendo modificado seus agendamentos, constantemente diferenciando seus discursos diante da inconstância do futebol brasileiro, não os desvincula de seus objetivos de negócios.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janaina Andretta Dieder, Universidade Feevale

Acadêmica de Educação Física.

Alessandra Fernandes Feltes, Universidade Feevale

Mestranda em Diversidade Cultural e inclusão Social

Gustavo Roese Sanfelice, FEEVALE

possui graduação em Educação Física Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (2001); mestrado em Ciência do Movimento Humano pela Universidade Federal de Santa Maria (2002) e doutorado em Ciências da Comunicação/Universidade do Vale do Rio dos Sinos/UNISINOS (2007) . Atualmente é professor Titular da Universidade Feevale. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia do Esporte e no estudo de diferentes mídias. É membro do comitê científico do Grupo de Trabalho Temático Comunicação e Mídia do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, desde 2003. Estuda diferentes mídias desde 1998. É editor chefe da Revista Conhecimento Online. Professor e orientador do Programa de Pós-Graduação em Diversidade e Inclusão/FEEVALE. Coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa com seres humanos da Universidade Feevale. Avaliador Ad Hoc da Revista Brasileira de Ciências do Esporte e da Fundação de Amparo a Pesquisa de Pernambuco.

Manoel Antônio da Silva Jacques Junior, Universidade Feevale

Acadêmico de Educação Física

Norberto Kuhn Junior, Universidade Feevale

Possui mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1996) e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2008). Atualmente é professor da Universidade Feevale, atuando, desde 1999, em diversos cursos de Graduação, nas disciplinas de Sociologia, Pensamento Contemporâneo e Metodologia Científica; desde 2010 é professor-pesquisador do Mestrado Profissional de Inclusão Social e Acessibilidade, ministrando as disciplinas de Políticas Públicas e Cidadania e Seminário de Pesquisa e Desenvolvimento. Nesse Mestrado integra a linha de pesquisa em Inclusão Digital. De 2004 à 2010 atuou como professor extensionista, coordenando projetos sociais na área de Identidade, gênero e relações interetnicas. Ainda na área de extensão, contribui nos processos de avaliação institucional sobre os impactos sociais dos programas de extensão da Universidade e colabora com a pesquisa ?As comunidades negras do Vale do Sinos e a memória do trabalho?. A partir do processo de doutoramento, inicia estudos sobre a relação entre os ambientes midiáticos-digitais e os processos de sociabilidade, com foco nos elementos de tecnicidade que são mobilizados através de painéis fotográficos digitais na internet (fotoblogs). Avança nos estudos da composição de fluxos midiático-digitais e o papel que esses cumprem nos processos de sociabilidade de populações em experiência migratória. Nesse contexto de estudo - sobre mídia e migração - atuou como pesquisador no Projeto de cooperação Internacional Brasil-CAPES/UNISINOS e Espanha-MEC/UAB Meios de comunicação e interculturalidade: estudos das estratégias de midiatização das migrações contemporâneas no contexto brasileiro e espanhol e suas repercussões nos contextos brasileiros e do MERCOSUL. A partir dessa experiência é que vem coordenando a pesquisa ?Ethicidades comunicacionais e experiências migratórias: o caso dos trabalhadores gaúchos do setor calçadista na China? junto do Grupo de Pesquisa Comunicação e Cultura da Universidade Feevale, com apoio financeiro da FAPERGS. Com a inserção no Mestrado Profissional de Inclusão Social e Acessibilidade inicia nova pesquisa: igualmente centrada na relação entre os ambientes midiáticos-digitais e os processos de sociabilidade, o foco passa a ser os processos de gestão das cidades (políticas públicas e cidadania), associadas às transformações sociomidiáticas que marcam as sociedades contemporâneas. Atua ainda, como professor colaborador, no projeto recentemente aprovado pelo Edital FAPERGS 04/2012 ? PQG "O agendamento da Copa do mundo de Futebol no Brasil em 2014, sob a ótica dos jornais Folha de São Paulo/Brasil e El Pais/Espanha". É Membro do Comitê de Ética em Pesquisa ? CEP Feevale, vinculado nacionalmente à CONEP ? Comissão Nacional de Ética em Pesqui

Downloads

Publicado

2016-12-18

Como Citar

ANDRETTA DIEDER, J.; FERNANDES FELTES, A.; ROESE SANFELICE, G.; ANTÔNIO DA SILVA JACQUES JUNIOR, M.; KUHN JUNIOR, N. O FRACASSO DA SELEÇÃO BRASILEIRA/2014 RETRATADO PELA FOLHA DE S. PAULO. Movimento, [S. l.], v. 22, n. 4, p. 1177–1194, 2016. DOI: 10.22456/1982-8918.65087. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/65087. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais