VIAJANDO EM TORNO DE PELÉ: CONSTRUÇÕES LITERÁRIAS DO “REI” – BIOGRAFIA, AUTOBIOGRAFIA E ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO

Autores

  • Natasha Santos Lise Universidade Federal do Paraná
  • Riqueldi Straub Lise Universidade Federal do Paraná
  • Miguel Archanjo de Freitas Junior Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • André Mendes Capraro Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.63088

Palavras-chave:

Futebol. História. Literatura. Identidade nacional.

Resumo

 O objetivo do estudo é analisar duas produções biográficas, pensando como foi construída e quais seriam as características da imagem do personagem Pelé. Dessa forma, busca-se estabelecer aproximações e distanciamentos que se alinham à teorização de Mario Filho, no que se refere à mestiçagem. A fim de tecer o estudo de tais fontes, recorre-se ao uso da análise literária, com base na noção de fusão entre texto e contexto de Antonio Candido. É possível perceber que todas as obras tratadas estão relacionadas por um único objetivo: mitificar Pelé, por meio do enaltecimento ao mestiço – característica identificada à época como tipicamente brasileira.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natasha Santos Lise, Universidade Federal do Paraná

Doutoranda em Educação Física, pela Universidade Federal do Paraná.

Riqueldi Straub Lise, Universidade Federal do Paraná

Doutorando em Educação Física, pela Universidade Federal do Paraná.

Miguel Archanjo de Freitas Junior, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutor em História, pela Universidade Federal do Paraná. Professor do Departamento de Educação Física da UEPG.

André Mendes Capraro, Universidade Federal do Paraná

Doutor em História, pela Universidade Federal do Paraná. Professor do Departamento de Educação Física da UFPR.

Downloads

Publicado

2017-03-29

Como Citar

LISE, N. S.; LISE, R. S.; JUNIOR, M. A. de F.; CAPRARO, A. M. VIAJANDO EM TORNO DE PELÉ: CONSTRUÇÕES LITERÁRIAS DO “REI” – BIOGRAFIA, AUTOBIOGRAFIA E ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO. Movimento, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 363–378, 2017. DOI: 10.22456/1982-8918.63088. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/63088. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais