UMA ANÁLISE DO DEBATE FEMINISMO VERSUS SOCIOLOGIA CONFIGURACIONAL NO ESTUDO DO GÊNERO E DO DESPORTO

Autores

  • Maria Claudia Pinheiro ISMAI

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.42907

Palavras-chave:

sociologia, feminismo, identidade de gênero, esportes.

Resumo

Este artigo fornece uma análise do debate que tem sido realizado sobre a possibilidade de combinar as perspectivas configuracional e feminista no estudo do gênero e do esporte. Nesta análise, algumas das diferenças entre as abordagens feministas e configuracional são brevemente mencionadas e as ideias de Elias sobre o envolvimento e distanciamento são apresentados como uma solução possível para combinar as abordagens.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Claudia Pinheiro, ISMAI

Professora auxiliar no Departamento de Educação Física do Instituto Superior da Maia. Professora de sociologia da educação e sociologia do lazer.

Doutorada em Sociologia - sociologia do desporto

 

Publicado

2014-02-19

Como Citar

PINHEIRO, M. C. UMA ANÁLISE DO DEBATE FEMINISMO VERSUS SOCIOLOGIA CONFIGURACIONAL NO ESTUDO DO GÊNERO E DO DESPORTO. Movimento, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 757–773, 2014. DOI: 10.22456/1982-8918.42907. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/42907. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Ensaios