Avaliação de edifícios no Brasil: da avaliação ambiental para avaliação de sustentabilidade

Autores

  • Vanessa Gomes da Silva Universidade Estadual de Campinas
  • Maristela Gomes da Silva Universidade Federal do Espírito Santo
  • Vahan Agopyan Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

avaliação, ambiental, edifícios, sustentabilidade, Brasil, GBC

Resumo

Pesquisas visando reduzir os impactos ambientais de edifícios têm sido amplamente estimuladas por agências governamentais, instituições de pesquisa e pelo setor privado de diversos países. O conceito de análise do ciclo de vida tem sustentado o desenvolvimento das metodologias para avaliação ambiental de edifícios que surgiram na década de 90 para auxiliar no cumprimento de metas ambientais locais estabelecidas a partir da ECO’92. Atualmente, praticamente cada país europeu, além de Estados Unidos, Canadá, Austrália, Japão e Hong Kong, possui um sistema de avaliação de edifícios. Todos estes sistemas concentram-se exclusivamente na dimensão ambiental da sustentabilidade. Este artigo apresenta e compara sucintamente os principais sistemas de avaliação ambiental de edifícios e evidencia a impossibilidade de mera importação de métodos existentes com base no sucesso alcançado em países com latitudes e condições sociais, econômicas e ambientais sensivelmente diferentes das do Brasil. Discutem-se as expectativas referentes à participação brasileira no projeto Green Building Challenge, assim como as estratégias para desenvolver pesquisas nacionais sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-16

Edição

Seção

Artigos