PRÁTICAS DE LAZER DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

Giselle Alves de Moura, Luciana Karine de Souza

Resumo


O estudo relata as experiências das práticas de lazer em idosos residentes em instituições de longa permanência filantrópicas conveniadas com a Prefeitura de Belo Horizonte. Trata-se de uma pesquisa predominantemente qualitativa que se insere no campo interdisciplinar dos estudos do lazer. Foram entrevistados 47 idosos (70% mulheres), com média de idade de 80 anos. As práticas mais citadas foram religiosas, relações interpessoais, ginástica, assistir televisão e práticas manuais e artesanais. Os resultados são discutidos com base na literatura e são traçadas recomendações para o profissional que pretende promover lazer ao idoso institucionalizado.


Palavras-chave


Atividades de lazer. Idoso. Instituição de longa permanência para idosos.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.36131



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment