Líderes femininas em organizações esportivas - Tendências mundiais

Gertrud Pfister

Resumo


A presente pesquisa objetiva discutir a liderança feminina em organizações esportivas. Para tanto recorre a uma análise a partir de dados quantitativos de alguns países ocidentais com destaque no campo esportivo (Alemanha, Dinamarca, Estados Unidos e Austrália) ressaltando que, em termos de cargos dirigentes em instituições esportivas, as mulheres ainda não alcançaram o mesmo status que os homens. Tendo como referência teórica os estudos de gênero, a pesquisa evidencia que apesar do grande avanço que as mulheres obtiveram no mundo do esporte, quando se refere à liderança e a cargos diretivos há ainda muito a se conquistar.

Palavras-chave


Esporte. Gênero. Liderança Esportiva

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2802



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment