PRÁTICA DE EXPRESSÃO CORPORAL EM TEMPOS DE QUARENTENA: O MOVIMENTO #VIDLOP

Mar Lara-Aparicio, Daniel Mayorga-Vega, Iván López-Fernández

Resumo


A situação causada pela nova doença do coronavírus afetou a educação em todo o mundo, sendo urgente a aplicação de programas que promovam a atividade física em casa e o uso responsável de dispositivos conectados à internet. O presente trabalho apresenta uma proposta didática de Expressão Corporal (EC) para a sua prática desde casa, adaptável a diferentes níveis educacionais, e útil também como uma valiosa experiência educacional on-line ou presencial mesmo quando a crise do coronavírus acabe. Esta proposta baseia-se na Análise Laban de Movimento, no Teatro do Oprimido e no Lipdub. Procura desenvolver a linguagem corporal artística própria, a inteligência emocional, comportamentos saudáveis de atividade física e a consciência social dos alunos; e promover a criação de um novo movimento social (#VIDLOP), usando a arte e a mídia popular como canais democráticos e de poder para construir um mundo melhor. Em conclusão, esta pode ser uma proposta promissora para o desenvolvimento da EC e da consciência humana em cenários desafiadores e em diferentes ambientes educacionais.

 


Palavras-chave


COVID-19. Isolamento social. Educação Física. Saúde.

Texto completo:

PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.105802

Direitos autorais 2021 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment