DESAFIOS EDUCACIONAIS PARA O ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA SUECA NA DÉCADA DE 2020

Autores

  • Karin Redelius The Swedish School of Sport and Health Sciences (GIH) http://orcid.org/0000-0001-9965-0123
  • Håkan Larsson The Swedish School pf Sport and Health Sciences (GIH)

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.98869

Palavras-chave:

Educação Física. Ensino. Avaliação. Neoliberalismo.

Resumo

Muitos países pelo mundo vivenciaram uma virada neoliberal que fortemente afetou seus sistemas educacionais. Na Suécia, por exemplo, o Estado de Bem-Estar social-democrata foi radicalmente transformado desde a década de 1990, tomando uma direção neoliberal. Numerosas reformas educacionais foram realizadas, sendo estas descritas como as mais extensas em 100 anos do ensino público. Essas mudanças também afetaram a disciplina Educação Física e Saúde (PEH). Há um crescente interesse acerca desse tema e a PEH se tornou uma das áreas mais exploradas da cultura de movimento sueca. Os objetivos deste artigo são indicar as pesquisas recentes, bem como identificar e formular possíveis mudanças educacionais que professores enfrentam hoje enquanto caminhamos em direção à década de 2020. As questões centrais são: o que caracteriza o ensino em PEH? O que os estudantes aprendem nessa matéria? Existe eficácia na avaliação da PEH sueca?

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-04-21

Como Citar

REDELIUS, K.; LARSSON, H. DESAFIOS EDUCACIONAIS PARA O ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA SUECA NA DÉCADA DE 2020. Movimento, [S. l.], v. 26, p. e26027, 2020. DOI: 10.22456/1982-8918.98869. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/98869. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Ensaios