O MODELO DE SPORT EDUCATION NA EDUCAÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA: REVISÃO SISTEMÁTICA

Autores

  • Carlos Evangelio Caballero University of Castilla-La Mancha. Faculty of Education, Physical Education Department. Cuenca, Cuenca.
  • Manuel Jacob Sierra-Díaz University of Castilla-La Mancha. Faculty of Education, Physical Education Department. Cuenca, Cuenca.
  • Sixto González-Víllora University of Castilla-La Mancha. Faculty of Education, Physical Education Department. Cuenca, Cuenca. http://orcid.org/0000-0003-2473-5223
  • Francisco Javier Fernández-Rio University of Oviedo. Teaching Training and Education Faculty, Physical Education Department. Oviedo, Oviedo.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.81689

Palavras-chave:

Modelos educacionais. Educação Física e treinamento. Ensino fundamental e médio.

Resumo

Este estudo consistiu em oferecer uma revisão atualizada das implementações mais recentes do Modelo de Sport Education (SEM) do primeiro ao 12º ano (6-18 anos), incluindo as mais novas tendências de pesquisa para estudos futuros. Uma revisão sistemática de 2013 a 2017 foi realizada utilizando os bancos de dados de maior referência e os artigos originais que incluíam informações sobre as implementações do SEM em qualquer grau escolar. A implementação do SEM expandiu-se enormemente nos últimos cinco anos para incluir todos os diferentes domínios de aprendizagem: físico, social, cognitivo e afetivo. Entretanto, a implementação do SEM não é fácil e precisa de formação específica de professores. O SEM parece ser uma abordagem pedagógica adequada para praticar esporte, ao mesmo tempo em que desenvolve habilidades motoras, conhecimento técnico-tático e valores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-09-30

Como Citar

EVANGELIO CABALLERO, C.; SIERRA-DÍAZ, M. J.; GONZÁLEZ-VÍLLORA, S.; FERNÁNDEZ-RIO, F. J. O MODELO DE SPORT EDUCATION NA EDUCAÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA: REVISÃO SISTEMÁTICA. Movimento, [S. l.], v. 24, n. 3, p. 931–946, 2018. DOI: 10.22456/1982-8918.81689. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/81689. Acesso em: 7 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais