CONSOLIDAÇÃO DAS METODOLOGIAS ATIVAS EM EDUCAÇÃO FÍSICA NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO

Autores

  • Jorge Agustín Zapatero Universidad Complutense de Madrid
  • María Dolores González Rivera Universidad de Alcalá
  • Antonio Campos Izquierdo Universidad Politécnica de Madrid

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.70291

Palavras-chave:

Educação baseada em competências. Ensino. Docentes. Ensino fundamental e médio.

Resumo

O sistema educativo espanhol juntou-se a um movimento de reforma educacional, em que as competências a adquirir pretendem promover a utilização dos estilos de ensino, que promovem a autonomia dos alunos, a interação entre esses e sua participação ativa nos processos de ensino. O objetivo deste estudo foi analisar a realidade desses estilos de ensino ativo, sabendo em profundidade quais os modelos de ensino aplicados em Educação Física. Os participantes pertenciam a um grupo de professores do ensino médio da Comunidade de Madrid. Foi utilizada uma metodologia qualitativa. Recorreu-se à técnica de análise de conteúdo, discussão em grupo, observação e entrevistas, tendo estes meios de recolha de informação sido triangulados, utilizando-se o Atlas.ti. Os resultados sugerem que, embora os professores tenham conhecimento dos benefícios dos estilos de ensino ativo, no qual é proporcionada a autonomia ao estudante, nas suas práticas profissionais predominam estilos de ensino instrutivo, através de modelos reprodutivos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-06-24

Como Citar

ZAPATERO, J. A.; GONZÁLEZ RIVERA, M. D.; CAMPOS IZQUIERDO, A. CONSOLIDAÇÃO DAS METODOLOGIAS ATIVAS EM EDUCAÇÃO FÍSICA NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO. Movimento, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 509–526, 2018. DOI: 10.22456/1982-8918.70291. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/70291. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais