SISTEMA DE MEDIÇÃO DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO FÍSICA CHILENA: ANÁLISE CRÍTICA

Autores

  • Alberto Moreno Doña Pontificia Universidad Católica de Valparaíso
  • Enrique Rivera García Universidad de Granada
  • Carmen Trigueros Cervantes Universidad de Granada

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.41485

Palavras-chave:

Gestão de qualidade. Currículo. Medidas.

Resumo

Este trabalho analisa, de maneira qualitativa e crítica, o sistema de avaliação utilizado pelo Ministério de Educação do Chile para medir a qualidade da educação física como matéria do currículo escolar. Em geral, os procedimentos de análises utilizados se basearam nas propostas de fragmentação e articulação da “Grounded Theory”. Concluímos que este sistema não responde ao conceito de qualidade explícito previamente; mostra uma limitação conceitual importante na relação da saúde e da condição física; estabelece uma lógica de avaliação escassamente formativa e gera certa desvalorização profissional dos docentes.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberto Moreno Doña, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso

Grupo de Estudio Motricidad y Educación. Laboratorio Motricidad Humana. Escuela de Educación Física. Facultad de Filosofía y Educación.

Enrique Rivera García, Universidad de Granada

Facultad de Ciencias de la Educación

Carmen Trigueros Cervantes, Universidad de Granada

Facultad de Ciencias de la Educación

Publicado

2013-11-04

Como Citar

MORENO DOÑA, A.; RIVERA GARCÍA, E.; TRIGUEROS CERVANTES, C. SISTEMA DE MEDIÇÃO DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO FÍSICA CHILENA: ANÁLISE CRÍTICA. Movimento, [S. l.], v. 20, n. 1, p. 145–167, 2013. DOI: 10.22456/1982-8918.41485. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/41485. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais