A PRODUTIVIDADE CIENTÍFICA EM WoS E NO ÍNDICE H DE HIRCHS DA ÁREA DE EDUCAÇÃO FISICA NA ESPANHA E BRASIL: PRODUTIVIDADE E COMPARAÇÃO ENTRE PAÍSES

Joaquim Reverter Masià, Vicenç Hernández González, Carme Jové Deltell, Teresa de Jesus Fonseca, Alejandro Legaz-Arrese

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a produção dos docentes da área de Educação Física (EF) na Espanha e no Brasil, segundo os artigos publicados em revistas indexadas na base de dados Web of Science (WoS). A metodologia consiste em um estudo comparativo e correlacional de análises de documentos. Os participantes foram professores com publicações na base de dados WoS. A mostra esteve formada por 373 professores, entre os quais 108 correspondem à área de EF do Brasil e 265 correspondem à área de EF Espanhola. Os resultados indicam que os professores da área de EF na Espanha tem um Índice h de 2.65 e 7.49 artigos por investigador. Os professores brasileiros tem um Índice h de 6.05 e a média por autor é de 30.91 artigos por pesquisador. As correlações entre número de artigos por investigador  e índice H são positivas r=.91 no caso da España  y r=.86 e no Brasil. As revistas em que mais publican os professores brasileiros e espanhóis são Medicine and Science in Sports and Exercise e Journal of Strength and Conditioning Research.


Palavras-chave


Pesquisadores; esportes, indicadores bibliométricos, publicações periódicas; bases de dados, artigo de revista.

Texto completo:

PDF-ES


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.36582



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment