INTERSEÇÕES ENTRE OS CAMPOS ESPORTIVO E CIENTÍFICO: A SOCIOLOGIA DO ESPORTE COMO ELEMENTO COMUM (2011-2018)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.117275

Palavras-chave:

Esportes. Indicadores de produção científica. Sociologia. Revisão.

Resumo

O esporte tem sido objeto de análise em diversas áreas do conhecimento no Brasil. Uma aproximação a partir das Ciências Sociais e Humanas tem possibilitado a exploração de elementos interpretativos singulares que ampliam a compreensão desse complexo fenômeno. Este texto tem como objetivo mapear estudos que versam sobre a Sociologia do Esporte nos programas de pós-graduação brasileiros entre 2011 e 2018, visando contribuir com a sistematização da produção científica desse subcampo. Após levantamento de dissertações e teses, descrevemos as principais características dessas produções, classificando-as em categorias sociológicas para análise do campo esportivo, sendo o futebol hegemonicamente a modalidade mais explorada por pesquisadores de diversas áreas.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Marsiglia Quaranta, Universidade Federal do Paraná

Auno do curso de Doutorado em Educação Física pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Paraná. Mestre em Educação Física (Área de Concentração: Teoria e Prática Pedagógica em Educação Física) pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Física do Centro de Desportos (CDS) na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2011. Licenciado em Educação Física (2005) e Especialista em Educação Física Para a Educação Básica (2008) pela Universidade Federal de Sergipe. Professor da Rede Pública de ensino do Estado de Sergipe (SEED/SE) desde 2006.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

QUARANTA, A. M.; SOUZA, D. M. de; MEZZADRI, F. M.; MARCHI JÚNIOR, W. INTERSEÇÕES ENTRE OS CAMPOS ESPORTIVO E CIENTÍFICO: A SOCIOLOGIA DO ESPORTE COMO ELEMENTO COMUM (2011-2018). Movimento, [S. l.], v. 27, p. e27078, 2021. DOI: 10.22456/1982-8918.117275. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/117275. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais