DISSERTAÇÕES E TESES EM EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE ABORDAGENS METODOLÓGICAS

Autores

  • Pedro Henrique Zubcich Caiado de Castro Mestre em Educação Física - Universidade Federal do Rio de Janeiro Professor da UNIVERITAS - Educação Física. Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
  • Alan Camargo Silva Doutor em Saúde Coletiva - Universidade Federal do Rio de Janeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Educação Física e Desportos, Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
  • Sílvia Maria Agatti Lüdorf Doutora em Educação - Universidade Federal do Rio de Janeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Ginástica, Escola de Educação Física e Desportos, Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.82495

Palavras-chave:

Produção científica. Programas de pós-graduação. Educação Física. Atividades científicas e tecnológicas.

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a produção científica em Educação Física de dissertações e teses de programas de pós-graduação stricto sensu, no período de 2001 a 2010, com enfoque em suas abordagens metodológicas. Os PPGEF selecionados foram: USP, Unesp, UFRGS, Unicamp e UGF. A análise dos dados pautou-se na abordagem metodológica proposta por Gaya (2008). Os resultados apontaram predominância da abordagem nomotética, seguida da interpretativa e ausência da intervenção social. Conclui-se, com base em Bourdieu, que as regras do jogo científico têm influenciado a orientação metodológica da produção de conhecimento da área, o que pode repercutir na reprodução de modos hegemônicos de ciência no campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Henrique Zubcich Caiado de Castro, Mestre em Educação Física - Universidade Federal do Rio de Janeiro Professor da UNIVERITAS - Educação Física. Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Mestre em Educação Física - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Professor da UNIVERITAS - Educação Física. Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Alan Camargo Silva, Doutor em Saúde Coletiva - Universidade Federal do Rio de Janeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Educação Física e Desportos, Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Doutor em Saúde Coletiva - Universidade Federal do Rio de Janeiro

Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Educação Física e Desportos, Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Sílvia Maria Agatti Lüdorf, Doutora em Educação - Universidade Federal do Rio de Janeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Ginástica, Escola de Educação Física e Desportos, Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Doutora em Educação - Universidade Federal do Rio de Janeiro

Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Ginástica, Escola de Educação Física e Desportos, Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (NESPEFE), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

 

Downloads

Publicado

2019-02-27

Como Citar

CASTRO, P. H. Z. C. de; SILVA, A. C.; LÜDORF, S. M. A. DISSERTAÇÕES E TESES EM EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE ABORDAGENS METODOLÓGICAS. Movimento, [S. l.], v. 25, p. e25013, 2019. DOI: 10.22456/1982-8918.82495. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/82495. Acesso em: 6 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais