DESLIZANDO RUMO AO PROGRESSO: A PATINAÇÃO EM SÃO PAULO (1877-1912)

Autores

  • Victor Andrade Melo Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Flavia Cruz Santos Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.61350

Palavras-chave:

História. Esportes. Atividades de lazer. Patinação.

Resumo

A partir da década de 1870, São Paulo passou por transformações que lhe conferiram nova dinâmica, desencadeando-se mais concretamente iniciativas que dialogavam com as ideias de civilização e progresso. A melhor estruturação dos entretenimentos públicos compôs aquele cenário. Este estudo objetiva discutir as primeiras experiências de uma diversão que desembarcou na cidade no período: a patinação. Como recorte temporal, adotaram-se os anos de 1877, data de criação do pioneiro rinque, e 1912, quando foi fundado um estabelecimento que marcou a definitiva conformação da prática. Como fonte principal, utilizamos o jornal A Província de São Paulo/O Estado de S. Paulo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-29

Como Citar

MELO, V. A.; SANTOS, F. C. DESLIZANDO RUMO AO PROGRESSO: A PATINAÇÃO EM SÃO PAULO (1877-1912). Movimento, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 171–184, 2017. DOI: 10.22456/1982-8918.61350. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/61350. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais