FUTSAL FEMININO NA AMÉRICA DO SUL: TRAJETÓRIAS DE ENFRENTAMENTO E DE CONQUISTAS

Helena Altmann, Heloisa Helena Baldy dos Reis

Resumo


Este artigo analisa as experiências com futebol de jogadoras de futsal de seleções nacionais de países da América do Sul. Foram realizadas entrevistas com 16 jogadoras de seis países em 2009. Conclui-se que elas se constituíram como jogadoras a partir da prática informal do futebol em companhia de homens. Para jogar, elas precisaram dominar habilidades futebolísticas e enfrentar barreiras sociais que relacionam o futebol e aquelas que o praticam ao masculino. Todas destacam a falta de estrutura esportiva nos seus países, no entanto, o Brasil é visto como tendo uma estrutura privilegiada para esse esporte.

Palavras-chave


Futebol feminino; Fustsal; Gênero; América do Sul.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.35077



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment