PARQUES URBANOS DE BARCELONA: A RELAÇÃO ENTRE A DIVERSIDADE NAS FORMAS DE APROPRIAÇÃO E A SEGURANÇA A PARTIR DE USOS PRINCIPAIS E COMBINADOS

Simone Rechia, Javier Oliveira Betrán

Resumo


A intenção é analisar o modelo de parques, praças e ruas de Barcelona. A ênfase está na relação existente entre diferentes formas de apropriação e a segurança desses espaços a partir dos usos principais e combinados. Os procedimentos metodológicos foram: aplicação de protocolo desenvolvido no GEPLEC/UFPR, imagens fotográficas e filmagens.  Concluímos que em Barcelona alguns espaços públicos contemplam tais formas de usos co-relacionados, os quais dependem de uma série de fatores, entre eles o planejamento urbano, o qual deve buscar conectar espaços que garantam a diversidade de experiências, a segurança, e, portanto, a “vida pública” nas grandes cidades.

Palavras-chave


Lazer, espaços, equipamentos

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.11362



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment