O CICLISMO DE ESTRADA E A CONSTRUÇÃO DE UMA CULTURA NACIONALISTA: UM OLHAR SOBRE O TOUR DE FRANCE

Autores

  • Priscila Requião Lessa UFPR
  • Marcelo Moraes e Silva UFPR

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.64603

Palavras-chave:

Ciclismo de Estrada, Tour de France, Nacionalismo.

Resumo

O presente ensaio busca analisar como uma construção histórica nacionalista contribui para a consolidação do maior evento do ciclismo de estrada do mundo: o Tour de France. Para alcançar tal intento foram analisadas fontes bibliográficas que versam sobre a construção histórica do evento e exploram a importância e o simbolismo do Tour de France na constituição da França moderna. A título de conclusão o ensaio aponta que esta competição, principalmente na primeira metade do século XX, tornou-se uma celebração de uma cultura nacionalista francesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscila Requião Lessa, UFPR

Graduação em História - UTP

Mestre em Educação Física - UFPR

Marcelo Moraes e Silva, UFPR

Doutor em Educação - UNICAMP

Professor do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Educação Física - UFPR

Downloads

Publicado

2017-03-29

Como Citar

LESSA, P. R.; MORAES E SILVA, M. O CICLISMO DE ESTRADA E A CONSTRUÇÃO DE UMA CULTURA NACIONALISTA: UM OLHAR SOBRE O TOUR DE FRANCE. Movimento, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 407–418, 2017. DOI: 10.22456/1982-8918.64603. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/64603. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Ensaios