O (DES)ENCONTRO ENTRE AS PRÁTICAS CORPORAIS E A ATIVIDADE FÍSICA: HIBRIDIZAÇÕES E BORRAMENTOS NO CAMPO DA SAÚDE

Autores

  • José Damico EsEF - UFRGS
  • Alan Goularte Knuth FURG

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.39474

Palavras-chave:

Atividade motora. Conhecimentos, atitudes e prática em saúde. Promoção da saúde.

Resumo

O presente artigo busca observar as noções de atividade física e práticas corporais, associadas ao campo da saúde, a partir de disputas “científicas” que demarcam o tema. Enunciaremos ainda certas percepções que nos motivam a caracterizar a dualidade atividade física e práticas corporais como enfrentamento epistemológico, mas ainda inoperante no cotidiano dos serviços de saúde e na atuação da educação física. Concluímos que, nos contatos construídos com os sujeitos, assim como nas “verdades” dos encontros, determina-se o nível de complexidade do movimento e de suas representações.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-10-16

Como Citar

DAMICO, J.; KNUTH, A. G. O (DES)ENCONTRO ENTRE AS PRÁTICAS CORPORAIS E A ATIVIDADE FÍSICA: HIBRIDIZAÇÕES E BORRAMENTOS NO CAMPO DA SAÚDE. Movimento, [S. l.], v. 20, n. 1, p. 329–350, 2013. DOI: 10.22456/1982-8918.39474. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/39474. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Ensaios