Criação de padrões na web semântica: perspectivas e desafios

Autores

  • Maria José Vicentini Jorente Universidade Estadual Paulista - UNESP/Marília
  • Mariana Cantisani Padua Universidade Estadual Paulista - UNESP/Marília http://orcid.org/0000-0003-1245-3608
  • José Eduardo Santarem Segundo Universidade de São Paulo - USP - Ribeirão Preto

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245233.157-178

Palavras-chave:

Ontholoy Design Patterns. Web semântica. Sistema Complexo. Convergências.

Resumo

Aborda a criação de padrões de ontologias e de que forma os recursos e práticas desenvolvidas pela equipe do Ontology Design Patterns (Projeto NEON) propõem normas e recomendações visando a organização, o acesso e a recuperação de recursos na Web Semântica. Pensar a complexidade na criação dos padrões de linguagens baseados em ontologias implica entender que ela se expressa como uma inquietude, ou seja, como resolver problemas surgidos da convergência dos sistemas implicados e integrados na Web. Desse ponto de vista, existem diversos padrões e modelos para a criação de design patterns, baseados em padrões de conteúdo, de conhecimento, linguísticos, lógicos, entre outros. O problema tratado nesse artigo é como um padrão de design provindo da ODP facilita práticas informacionais de indexação e recuperação da informação. A pesquisa, exploratória e descritiva, objetivou elucidar padrões e normas de design de ontologias, fornecendo critérios e métodos a fim de formular soluções para a criação dos padrões de ontologias facilitadores da recuperação e acesso à informação, por meio de uma Web semântica. As propostas do artigo justificam-se pela multiplicação e convergência dos meios e suportes de informação em plataformas e ambientes digitais, verificando-se um aumento dos dados e provocando urgente necessidade de gestão desses dados a nível mundial. Conclui que a investigação dessa temática em Ciência da Informação (CI) é importante para uma formação dos profissionais da informação, pois as dificuldades de recuperação da informação podem ser dirimidas por uma CI que explore os recursos de design de ontologias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria José Vicentini Jorente, Universidade Estadual Paulista - UNESP/Marília

Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). 

Mariana Cantisani Padua, Universidade Estadual Paulista - UNESP/Marília

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação na UNESP, campus Marília. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba. Graduada em Design com habilitação em Comunicação Visual pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás /PUC-GO. 

José Eduardo Santarem Segundo, Universidade de São Paulo - USP - Ribeirão Preto

Doutor e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-UNESP-Marília/SP; Professor Doutor no Departamento de Educação, Informação e Comunicação, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (USP); Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília na linha de Informação e Tecnologia. 

Downloads

Publicado

2017-08-21

Como Citar

JORENTE, M. J. V.; PADUA, M. C.; SANTAREM SEGUNDO, J. E. Criação de padrões na web semântica: perspectivas e desafios. Em Questão, Porto Alegre, v. 23, n. 3, p. 157–178, 2017. DOI: 10.19132/1808-5245233.157-178. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/70466. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)