AVALIAÇÃO DA EFETIVIDADE DO “VAMOS” NO CONTEXTO DO PROGRAMA ACADEMIA DA SAÚDE: UM ESTUDO QUALITATIVO

Emanuele Naiara Quadros, Elaine Cristina Maciel, Lisandra Maria Konrad, Cezar Grontowski Ribeiro, Aline Cristine Souza Lopes, Simone Teresinha Meurer, Tânia Rosane Bertoldo Benedetti

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade do Vida Ativa Melhorando a Saúde (VAMOS) a partir da percepção dos usuários do Programa Academia da Saúde (PAS) de Belo Horizonte. Foi realizado um estudo qualitativo com participantes do GI (Grupo Intervenção) de um ensaio controlado e randomizado em dois polos do PAS. O GI participou das atividades do PAS e, adicionalmente, de um programa de mudança de comportamento (VAMOS) durante 12 semanas. A efetividade foi avaliada por meio de relatos em três grupos focais realizados com 32 participantes do GI (61 anos, ± 7,07) utilizando o roteiro baseado nas dimensões do modelo RE-AIM. A partir da análise de conteúdo foram identificados benefícios em quatro categorias: atividade física, alimentação, peso corporal e qualidade de vida. Pela percepção dos participantes, concluiu-se que o VAMOS trouxe benefícios nos marcadores do programa e que a metodologia utilizada foi efetiva para atingir os resultados.

 

 


Palavras-chave


Atividade Motora. Alimentação Saudável. Mudança de Comportamento. Promoção da Saúde.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.94432

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment