“ELE MESMO CONTOU ISSO”: NÉLIO NAJA, A PRODUÇÃO DE UM MITO

Autores

  • Ivo Lopes Müller Júnior Universidade Federal do Paraná. Licenciatura em Educação Física. Curitiba, PR, Brasil. http://orcid.org/0000-0003-1710-2807
  • André Mendes Capraro Universidade Federal do Paraná. Programa de Pós-graduação em Educação Física. Curitiba, PR, Brasil. http://orcid.org/0000-0003-3496-3131

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.99251

Palavras-chave:

Memória. Identificação Social. Entrevista.

Resumo

O presente estudo objetiva descontruir o discurso apresentado por Nélio Naja e amplamente aceito no meio do Muay Thai a respeito de como teria conhecido a modalidade. Para tanto, as seguintes questões foram elaboradas: onde Nélio Naja conheceu o Muay Thai? Como foi produzido o mito Nélio Naja? Na tentativa de responder a tais questionamentos, recorreu-se à história oral híbrida como método de investigação. Ao utilizar os conceitos de memória coletiva e mito, foram encontrados indícios de que a série de desenho animado Sawamu o inspirou a desenvolver a modalidade. A partir da socialização com seus alunos, ele inculcou algumas ideias a respeito de como tinha conhecido a modalidade, sendo repassado de aluno para aluno e cristalizando sua versão histórica a respeito de como conheceu o Muay Thai.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivo Lopes Müller Júnior, Universidade Federal do Paraná. Licenciatura em Educação Física. Curitiba, PR, Brasil.

Pós-graduação em Educação Física, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil.

André Mendes Capraro, Universidade Federal do Paraná. Programa de Pós-graduação em Educação Física. Curitiba, PR, Brasil.

Pós-graduação em Educação Física, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil.

Downloads

Publicado

2020-06-28

Como Citar

MÜLLER JÚNIOR, I. L.; CAPRARO, A. M. “ELE MESMO CONTOU ISSO”: NÉLIO NAJA, A PRODUÇÃO DE UM MITO. Movimento, [S. l.], v. 26, p. e26049, 2020. DOI: 10.22456/1982-8918.99251. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/99251. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais