A BIOGRAFIA ESCRITA POR REILA GRACIE E AS FONTES JORNALÍSTICAS: REVISANDO A HISTÓRIA HEGEMÔNICA

Autores

  • Riqueldi Straub Lise Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Natasha Santos Universidade Federal do Paraná
  • Fernando Renato Cavichiolli Universidade Federal do Paraná
  • André Mendes Capraro Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.65100

Palavras-chave:

Jiu-jítsu. Artes marciais. Fontes de dados. História.

Resumo

O objetivo da presente pesquisa consiste em relacionar a narrativa desenvolvida na biografia Carlos Gracie: o criador de uma dinastia, de 2008, e a perspectiva veiculada por alguns periódicos cariocas do início do século XX, no que se refere ao estabelecimento e disseminação do jiu-jítsu e dos combates intermodalidades no Brasil, em especial na cidade do Rio de Janeiro. Para tanto, utilizaram-se os preceitos metodológicos acerca das particularidades das fontes biográficas e jornalísticas. A partir da análise das referidas fontes, pode-se pensar a hipótese de que Reila Gracie tenha lançado mão de uma tradição inventada, por meio da biografia e aproveitando-se da dimensão ficcional peculiar a tal gênero, com sentido de atribuir aos integrantes da família Gracie o pioneirismo do jiu-jítsu e dos combates intermodalidades no Brasil.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Riqueldi Straub Lise, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Mestre em Educação Física, pela Universidade Federal do Paraná. Doutorando em Educação Física, pela Universidade Federal do Paraná.

Natasha Santos, Universidade Federal do Paraná

Mestre em História, pela Universidade Federal do Paraná. Doutoranda em Educação Física, pela Universidade Federal do Paraná.

Fernando Renato Cavichiolli, Universidade Federal do Paraná

Professor Associado III da Universidade Federal do Paraná, trabalhando nos cursos de bacharelado e licenciatura em Educação Física e professor do Programa de Pós Graduação em Educação Física/ Mestrado e Doutorado (PPGEDF)

André Mendes Capraro, Universidade Federal do Paraná

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (1997), graduação em Psicologia pela Universidade Tuiuti do Paraná (1999), mestrado em História pela Universidade Federal do Paraná (2002) e doutorado em História pela Universidade Federal do Paraná (2007). Cursou o estágio pós-doutoral na Università Ca Foscari di Venezia. Atualmente é professor adjunto III da Universidade Federal do Paraná atuando nos programas de Pós Graduação (mestrado/doutorado) em História (colaborador) e Educação Física (efetivo). Também é parecerista de revistas científicas nas áreas de Educação Física e Ciências Humanas, líder de equipe da NPO Global Sports Alliance e avaliador de curso de graduação (SINAES). Tem experiência na área de Educação Física e História, com ênfase na relação entre Ciências Sociais e o Esporte. Pesquisa atualmente os seguintes temas: história do futebol; literatura esportiva; o conceito de esporte; memória, educação física e esporte; história das artes marciais e dos esportes de combate; e a relação estética/esporte.

Downloads

Publicado

2017-11-25

Como Citar

LISE, R. S.; SANTOS, N.; CAVICHIOLLI, F. R.; CAPRARO, A. M. A BIOGRAFIA ESCRITA POR REILA GRACIE E AS FONTES JORNALÍSTICAS: REVISANDO A HISTÓRIA HEGEMÔNICA. Movimento, [S. l.], v. 23, n. 4, p. 1149–1160, 2017. DOI: 10.22456/1982-8918.65100. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/65100. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais