EFEITO DO TREINAMENTO NA APTIDÃO FÍSICA DA BAILARINA CLÁSSICA

Autores

  • Viviane Bortoluzzi Fração UFRGS
  • Marco Aurélio Vaz UFRGS
  • Carla Adriane Pires Ragasson IPA
  • Jocimar Prates Müller IPA

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2479

Palavras-chave:

Flexibilidade. Capacidade aeróbica. Amplitude articular. Composição corporal. Força muscular. Avaliação postural.

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar as características músculo esqueléticase fisiológicas das bailarinas clássicas, e verificar se houve melhora destas características frente ao treinamento de quatorze semanas, aplicado com base no déficit físico-funcional de cada bailarina. Melhoras significativas foram observadas na capacidade aeróbica e nas amplitudes de movimentos de flexão, extensão e rotação externa dos quadris no grupo experimental no reteste. Não houve diferença significativa na força muscular, na flexibilidade músculo-esquelética geral e nas medidas antropométricas intragrupos e intergrupos no teste e reteste, enquanto a avaliação da composição corporal revelou uma diferença significativa dos percentuais de massa gorda e de massa magra entre os dois grupos no reteste. Os resultados encontrados sugerem que um treinamento complementar da aptidão física melhora a capacidade físico-funcional e a performance de bailarinas, o que pode contribuir na prevenção de lesões.

 

The purpose of this study was to evaluate the physical and physiological characteristics of ten classical ballerinas, and verify if there was an improvement of these characteristics after a training period of fourteen weeks, which was based on the physical-functional deficits of each ballerina. Significant improvement was observed in aerobic capacity and joint range of motion for hip flexion, extension and externai rotation in the experimental group on the retest. There was no difference in the flexibility, in the muscular strength and in the anthropometric measurements both intragroup and intergroup on the test and retest, although body composition showed a difference in the fat content and in the percentage of the thin mass between the groups on the retest. The results suggest that a complementary training of the physical fitness improves the physical and functional capacities and the performance of the ballerinas, which may contribute in injury prevention.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Bortoluzzi Fração, UFRGS

Fisioterapeuta, graduada pelo Curso de Fisioterapia do Instituto Porto Alegre da Igreja Metodista (IPA), e mestranda do Curso de Mestrado em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Marco Aurélio Vaz, UFRGS

Doutor em Cinesiologia e Professor Adjunto da Escola de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Carla Adriane Pires Ragasson, IPA

Fisioterapeuta, graduada pelo Curso de Fisioterapia do Instituto Porto Alegre da Igreja Metodista (IPA).

 

Jocimar Prates Müller, IPA

Fisioterapeuta, Professor responsável pelas disciplinas de Fisioterapia Cardiorespiratória I e II do Curso de Fisioterapia do Instituto Porto Alegre da Igreja Metodista (IPA)

Downloads

Publicado

2007-10-19

Como Citar

FRAÇÃO, V. B.; VAZ, M. A.; RAGASSON, C. A. P.; MÜLLER, J. P. EFEITO DO TREINAMENTO NA APTIDÃO FÍSICA DA BAILARINA CLÁSSICA. Movimento, [S. l.], v. 5, n. 11, p. 3–15, 2007. DOI: 10.22456/1982-8918.2479. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2479. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais