CURRÍCULO, FORMAÇÃO PROFISSIONAL NA EDUCAÇÃO FÍSICA & ESPORTE E CAMPOS DE TRABALHO EM EXPANSÃO: ANTAGONISMOS E CONTRADIÇÕES DA PRÁTICA SOCIAL

Autores

  • Celi Nelza Zulke Taffarel UFPR

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2366

Palavras-chave:

Currículo. Formação profissional.

Resumo

A possibilidade teórica (hipótese de trabalho) apresentada no presente texto refere-se as evidências de que as reflexões sobre o currículo de formação do profissional de Educação Física & Esporte no Brasil apresentam fortes vínculos com o projeto histórico capitalista e desconsideram os reais setores lucrativos do capitalismo senil. São, também, reconhecidas categorias teóricas, referências éticas e processuais da luta de classes para orientar a ação de reconceptualizar, ou seja, reformular, na essência, o currículo de formação profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celi Nelza Zulke Taffarel, UFPR

Professora Dra. Adjunto IV UFPE/CCS/DEF/LOEDEFE (LOEDEFE - Laboratório de Observação e Estudos Descritivos em Educação Física & Esporte, DEF/CCS/ UFPE. Ver mais a respeito em Coletânea. III Encontro Nacional de História do Esporte, Lazer e Educação Física. DEF/UFPR, DEF/UEPG, FEF/ UNICAMP, Universidade Federal do Paraná, 1995.p.475 a 487.)

Downloads

Publicado

1997-12-06

Como Citar

TAFFAREL, C. N. Z. CURRÍCULO, FORMAÇÃO PROFISSIONAL NA EDUCAÇÃO FÍSICA & ESPORTE E CAMPOS DE TRABALHO EM EXPANSÃO: ANTAGONISMOS E CONTRADIÇÕES DA PRÁTICA SOCIAL. Movimento, [S. l.], v. 4, n. 7, p. 43–51, 1997. DOI: 10.22456/1982-8918.2366. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2366. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais