PERCEPÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM RELAÇÃO À APRENDIZAGEM DE TAREFAS MOTORAS

Autores

  • Alejandra Castro Universidade Federal de Santa Maria.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2230

Palavras-chave:

Percepções. Aprendizagem. Tarefas motoras.

Resumo

Identificar e verificar se existem diferen­ças entre percepções de professores e alunos de Educação Física em rela­ção à aprendizagem de tarefas mo­toras foi o propósito desta pesquisa. Tomou-se uma amostra combinada intencional/acidental de 16 professo­res e 70 alunos de Educação Física, da 5a série do 1 ° grau ã 3a série do 2o grau, de escolas estaduais de Santa Maria. Foi solicitado a professores e alunos responder a um questionário previa­mente estruturado em relação à pró­pria percepção de aprendizagem de tarefas motoras e à percepção que eles têm do que seja esta aprendiza­gem para a outra das partes envolvi­das no processo. Chegou-se às seguin­tes" conclusões: a melhoria do movi­mento do aluno em relação a tentati­vas anteriores por ele realizadas e o nível de satisfação do aluno na reali­zação do movimento foram os aspec­tos mais diretamente relacionados pelos grupos à aprendizagem de ta­refas motoras. Poucas diferenças sig­nificativas de percepções foram en­contradas dentro das relações deter­minadas pelos objetivos da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1996-12-22

Como Citar

CASTRO, A. PERCEPÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM RELAÇÃO À APRENDIZAGEM DE TAREFAS MOTORAS. Movimento, [S. l.], v. 3, n. 5, p. 25–37, 1996. DOI: 10.22456/1982-8918.2230. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2230. Acesso em: 7 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais