COMO A PEDAGOGIA CRÍTICA DO ESPORTE CONTRIBUI PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA NA ALEMANHA

Christian Gaum

Resumo


O objetivo desse artigo é evidenciar o potencial educacional do esporte em programas de Educação Física na escola e explorar como a pedagogia crítica do esporte pode contribuir para esses programas. Para este fim, as principais ideias pressupostas nos movimentos crítico-emancipatórios de Alemanha, nas últimas quatro décadas, são investigadas e delineadas. Graças à ausência de uma abordagem holística, o propósito atual de Educação Física na Alemanha é duplo: educar para o esporte e educar através do esporte. Segundo esse conceito, o esporte na sociedade precisa ser problematizado sem ser apenas assumido como um modelo. Conforme essas premissas centrais, esse texto trabalha com a tese de que o esporte tem o potencial de empoderar crianças para lidar com seus mundos cada vez mais complexos e contingentes, o que é importante para enfrentar os futuros desafios como uma questão social e, portanto, oferecer a legitimação pedagógica da Educação Física como matéria escolar.

 


Palavras-chave


Educação. Esportes. Valores sociais. Educação Física.

Texto completo:

PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.96229

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment