“VOLÊI MASCULINO É PRA HOMEM”: REPRESENTAÇÕES DO HOMOSSEXUAL E DO TORCEDOR A PARTIR DE UM EPISÓDIO DE HOMOFOBIA

Luiza Aguiar dos Anjos

Resumo


Com base em um episódio de homofobia ocorrido em uma partida de vôlei, esse trabalho analisa as representações construídas das categorias “homossexual” e “torcedor”, utilizando como fonte textos acerca desse caso, veiculados em alguns sites de jornais de grande circulação nacional. Entendendo a representação como o produto da atribuição de sentido que damos às coisas, problematizamos os argumentos utilizados para a construção das representações encontradas que, em sua maioria, são pautados em estereótipos dos esportes e das homossexualidades que, regulados por redes de poder, são tidos como verdades naturalmente estabelecidas.

 


Palavras-chave


Homossexualidade. Homofobia. Esportes. Meios de comunicação de massa

Texto completo:

PDF-POR PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.43189

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment