SUPERPODEROSAS MAS SUPERINVISÍVEIS? O FUTEBOL FEMININO E A NAÇÃO NO DISCURSO PRESIDENCIAL NA COLÔMBIA, 2010-2018

Peter Jonathan Watson

Resumo


O presente artigo avalia, quantitativa e qualitativamente, referências feitas ao futebol feminino, na Colômbia, nos discursos presidenciais e publicações no Twitter durante a presidência de Juan Manuel Santos (2010-2018). Compara representações e mensagens em torno das respectivas equipes nacionais colombianas de futebol masculino e feminino em relação ao projeto de unidade nacional de Santos. Embora o governo de Santos entendesse que o futebol desempenhava, na Colômbia, um potencial e poderoso papel unificador e transformador, este trabalho questiona se esse potencial se limita ao jogo masculino e o quanto o futebol feminino pode ter contribuído para a estratégia de nacionalismo desportivo de Santos. Será que o futebol feminino representaria também o “nós nacional” e a “Nova Colômbia”, tão frequentemente mencionados na retórica presidencial?

 

 


Palavras-chave


Futebol. Mulheres. Colômbia. Mídias Sociais.

Texto completo:

PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.109246

Direitos autorais 2021 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment