Plano de execução BIM: proposta de diretrizes para contratantes e fornecedores de projeto

Autores

  • Eloisa Marcon Manenti Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fernanda Fernandes Marchiori Universidade Federal de Santa Catarina
  • Leonardo de Aguiar Corrêa

Palavras-chave:

Plano de execução BIM. Contratos de projeto. Processos BIM

Resumo

A adoção da Modelagem da Informação na Construção (Building Information Modelling, BIM), amplamente discutida nos meios acadêmicos e no mercado, exige mudanças nos processos de relacionamento dos contratantes de projeto com seus fornecedores, de forma a garantir que os modelos sejam eficientes e aplicáveis aos usos pretendidos em todo o ciclo de vida da edificação. Contratantes e contratados relatam a necessidade de um documento que defina responsabilidades e escopo para o uso do BIM em todas as etapas do projeto. Nesse sentido, no presente artigo são propostas diretrizes para a elaboração do “Plano de Execução BIM (PEB)” para contratos de projetos de edificações visando orientar o relacionamento dos agentes, em especial dos que atuam no mercado de Santa Catarina, dentro do processo de produção de modelos que atendam às necessidades de projetistas e contratantes. Mediante revisão sistemática da literatura e da análise da adoção BIM nas empresas estudadas – através de questionários, entrevistas e mapeamento do fluxo de processos – foi possível desenvolver diretrizes de conteúdo e contexto para o PEB e sugerir um fluxo para o processo de projeto de empreendimentos. As diretrizes propostas foram submetidas a avaliação por especialistas do setor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-10

Edição

Seção

Gestão e Economia da Construção