Mundaneum e Biblioteca Digital Mundial: relações possíveis?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245250.216-242

Palavras-chave:

Mundaneum. Biblioteca Digital Mundial. Paul Otlet. UNESCO.

Resumo

A contribuição de Paul Otlet para a Ciência da Informação, em específico nos estudos da Documentação, é notável. No contexto histórico entre as duas guerras mundiais, Otlet sonha com o Mundaneum, um centro de informação e produção de conhecimento em prol da paz mundial. Entre 2005 e 2006, a Library of Congress, a UNESCO e outras cinco instituições, dentre as quais a Biblioteca Nacional do Brasil, propõem a criação da Biblioteca Digital Mundial. Por acreditar na importância que as instituições de patrimônio cultural e documental têm na curadoria de objetos informacionais para a formação histórica, educacional, política e social, buscaram-se respostas para a questão: seria a Biblioteca Digital Mundial a realização do Mundaneum? Com o objetivo geral de identificar aproximações entre o Mundaneum e a Biblioteca Digital Mundial, pela perspectiva histórica, a pesquisa percorre objetivos exploratórios. Com abordagem qualitativa e de natureza aplicada, faz-se uso de pesquisa bibliográfica e documental para a tessitura dos resultados. Arrisca-se a considerar que a Biblioteca Digital Mundial apresenta forte relação com o Mundaneum, embora essa identificação não tenha sido feita nas fontes documentais encontradas. A Biblioteca Digital Mundial se posta como a realização do sonho-utopia de Otlet, reúne e dissemina o conhecimento internacional, intercultural, com recursos informacionais dos mais diversos períodos, países, formatos e áreas do conhecimento. Apesar de terem sido identificados fortes vínculos entre elas, não foi notada a presença da proposta de Otlet para que o projeto da Biblioteca Digital Mundial tivesse visão integrada, estrutural, interdisciplinar, correspondente às funções da vida social, como propôs Otlet: biológica, reprodutiva, econômica, moral, intelectual, jurídica e política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL. Sobre a Biblioteca Digital Mundial: experiência. [2009?]. Disponível em: https://www.wdl.org/pt/background/. Acesso em: 30 abr. 2019.

BILLINGTON, J. A view of the Digital World Library. 2005. Disponível em: https://2001-2009.state.gov/p/io/unesco/51671.htm. Acesso em 27 abr. 2019.

BRITANNICA ESCOLA. Liga das nações. [2019]. Disponível em: https://escola.britannica.com.br/levels/fundamental/article/Liga-das-Na%C3%A7%C3%B5es/481713. Acesso em 30 abr. 2019.

FONTOURA, M. C. A documentação de Paul Otlet: uma proposta para a organização racional da produção intelectual do homem. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade de Brasília, Brasília, 2012. Disponível em: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/11909/1/2012_MarceloCarneirodaFontoura.pdf. Acesso em: 24 jun. 2019.

GANTZ, J.; REINSEL, D. The digital universe in 2020: Big data, bigger digital shadows, and biggest growth in the far east. IDC Analyze the Future, Framingham, v. 3, p. 1-16, dez. 2012. Disponível em: https://www.emc.com/collateral/analyst-reports/idc-the-digital-universe-in-2020.pdf. Acesso em: 30 abr. 2019.

L’HOMME qui voulait classer le monde. Direção de Françoise Levie. Produção de Sofidoc. Belgian: RTBF Television, 2002. Vídeo. Disponível em: http://iptv.usp.br/portal/video.action?idItem=5941. Acesso em: 30 abr. 2019.

LIBRARY OF CONGRESS. Biographies: James H. Billington (1928-2018). [2018?]. Disponível em: https://www.loc.gov/item/n80020417/james-h-billington-1929/. Acesso em: 29 abr. 2019.

LIBRARY OF CONGRESS. James H. Billington. [2000?]. Disponível em: http://www.loc.gov/bookfest/author/james_h_billington. Acesso em: 29 abr. 2019.

OTLET, P. Monde: essai d’universalisme: connaissance du monde, sentiment du monde, action organisée et plan du monde. Bruxelles: Mundaneum,1935. Disponível em: https://biblio.ugent.be/publication/378026. Acesso em: 30 abr. 2019.

OTLET, Paul. Tratado de documentação. Brasília: Briquet de Lemos, 2018. Disponível em: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/32627/1/LIVRO_TratadoDeDocumenta%C3%A7%C3%A3o.pdf. Acesso em: 30 abr. 2019.

POZZATTI, Valéria Rodrigues de Oliveira et al. Mundaneum: o trabalho visionário de Paul Otlet e Henri La Fontaine. Revista ACB, Florianópolis, v. 19, n. 2, p. 202-209, set. 2014. ISSN 1414-0594. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/963. Acesso em: 24 jun. 2019.

RABELLO, R. Ações de informação no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. Ciência da Informação, Brasília, v. 41, n. 2/3, p.104-121, maio/dez. 2012. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/1339/1518. Acesso em: 30 abr. 2019.

RAYWARD, W. B. (adapt.). Mundaneum: archives of knowledge. Occasional Papers, [s. l.], n. 215, p. 1-46, may 2010. Disponível em: https://www.ideals.illinois.edu/bitstream/handle/2142/15431/Rayward_215_WEB.pdf?sequence=2&isAllowed=y. Acesso em: 30 abr. 2019.

RAYWARD, W. B. Organização do conhecimento e um novo sistema político mundial: ascensão e queda e ascensão das ideias de Paul Otlet. In: OTLET, Paul. Tratado de documentação. Brasília: Briquet de Lemos, 2018. p. xi-xxvii. Disponível em: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/32627/1/LIVRO_TratadoDeDocumenta%C3%A7%C3%A3o.pdf. Acesso em: 30 abr. 2019.

RIEUSSET-LEMARIÉ, I. P. Otlet’s Mundaneum and the International Perspective in the History of Documentation and Information Science. Journal of the American Society for Information Science, New York, v. 48, n. 4, p. 301-309, apr. 1997. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/(SICI)1097-4571(199704)48:4%3C301::AID-ASI3%3E3.0.CO;2-%23/epdf. Acesso em: 30 abr. 2019.

SAYÃO, L. F. Afinal, o que é a biblioteca digital? Revista USP, São Paulo, n. 80, p. 6-17, dez. 2008/fev. 2009. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/13709/15527. Acesso em: 30 abr. 2019.

VAN DEN HEUVEL, C.; RAYWARD, W. B. Facing Interfaces: Paul Otlet's visualizations of data integration. Journal of the American Society for Information Science and Technology, New York, v. 62, n. 12, p. 2313–2326, dez. 2011. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/meet.1450430173/full. Acesso em: 30 abr. 2019.

VAN OUDENAREN, J. The World Digital Library. [2012?]. Disponível em: http://docplayer.net/44246485-The-world-digital-library.html. Acesso em 29 abr. 2019.

VOSSOUGHIAN, N. The language of the world museum: Otto Neurath, Paul Otlet, Le Corbusier. Associations transnationales, Bruxelles, v.1, n. 2, jan./jun. 2003. Disponível em: http://www.academia.edu/3127404/The_Language_of_the_World_Museum_Otto_Neurath_Paul_Otlet_Le_Corbusier. Acesso em: 30 abr. 2019.

WIKIMEDIA COMMONS. La cité mondiale. 1 ilustração. 2016. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:La_cit%C3%A9_mondiale.jpg. Acesso em: 30 abr. 2019.

WRIGHT, A. Cataloging the world: Paul Otlet and the birth of the information age. New York: Oxford University Press, 2014. Ebook.

Downloads

Publicado

2019-10-17

Como Citar

ZAFALON, Z. R.; SÁ, M. N. de. Mundaneum e Biblioteca Digital Mundial: relações possíveis?. Em Questão, Porto Alegre, v. 25, p. 216–242, 2019. DOI: 10.19132/1808-5245250.216-242. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/92550. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Fórum Internacional A Arte da Bibliografia

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)